Orçamento gratuito online!

Postado em: 10/05/2018 09:14:00 por Equipe ConsertaSmart


O Android P foi anunciado pelo Google nesta terça-feira, 8, durante a conferência de desenvolvedores da empresa. Embora chegue recheada de muitas novidades, a nova versão do sistema também trouxe alguns recursos muito parecidos com os encontrados no iOS 11. A maioria deles dizem respeito à usabilidade e funções presentes no iPhone X.

Por enquanto, o sistema do Google segue em fase de desenvolvimento e só deve ter a versão final lançada no terceiro trimestre. Ou seja, até lá é possível que mais novidades inspiradas na Apple sejam incluídas ou retiradas da plataforma. Confira abaixo uma lista com as funções do Android P que foram importadas do iOS 11.

1 - Editor de screenshots

O Android P trará uma nova ferramenta que permitirá que o usuário possa editar a sua imagem imediatamente após a captura de tela para compartilhá-la ou salvá-la no dispositvo. A função trará a possiblidade de recortar o print e também de fazer desenhos livres sobre a tela, algo até então indisponível na maior parte das fabricantes do sistema.

 

Reprodução

 

No iOS 11, os seus usuários ganharam também uma ferramenta nativa de edição de capturas de tela. Ao fazer a tradicional combinação de apertar as teclas “Home + Power”, é exibida uma thumbnail, que ao ser tocada abre um editor de imagens bem similar ao exibido no Android P com opções para desenho livre, cortes, adição de textos e até assinaturas.

 

2- Gerenciador de tarefas

A forma de você fechar as tarefas no Android P também irá mudar. Diferente do que ocorre hoje, as prévias dos aplicativos passarão a ser exibidas na orientação horizontal, e o famoso botão para encerrar todas as tarefas de uma vez será extinto. Assim, os aplicativos só podem ser fechados quando deslizados para cima.

 

Reprodução

 

Esta função ficará bem similar ao que já ocorre no gerenciador de tarefas da Apple desde o iOS 7. Nos iPhones e iPads ele é aberto ao pressionar o botão Home duas vezes, e os aplicativos abertos também ficam em uma orientação horizontal, podendo ser fechados ao deslizá-los para cima. Não existe uma forma de fechar todos os aplicativos abertos de uma vez só.

 

3 - Ações por gestos

Os clássicos de botões home e de tarefas do Android estão sendo substituídos por um botão virtual que ficará no centro da tela. Através dele, será possível ver todas as tarefas deslizando o dedo para cima, ou fazer trocas rápidas entre aplicativos quando deslizá-lo para a direita e esquerda. O botão Voltar, por sua vez, passará a ser exibido apenas dentro de apps, e de forma virtual.

Todas as mudanças nessas ações por gestos deixam o Android P com uma usabilidade muito parecida com o iPhone X. No ano anterior, o top de linha da Apple também teve o seu botão Home extinto e passou a ser controlado de forma idêntica a mencionada acima.

 

4 - Seleção de textos com zoom

Esta é uma mudança simples que apareceu no Android P. Agora, ao passar o seu dedo sobre um texto onde o cursor está ativo, o sistema exibirá um zoom da parte que está sendo selecionada, facilitando a visualização. O iOS já funciona dessa forma faz tempo, mas a forma padrão com que o Android trabalhava nessa função variava bastante entre diferentes fabricantes.

 

Reprodução

 

5 - Sugestões contextuais de aplicativos

O Android P trará sugestões de aplicativos e contatos de acordo com o hábitos de uso do usuário e dados contextuais. A função, batizada de App Actions, vai sugerir ações para os usuários em diferentes áreas da plataforma, como a gaveta de aplicativo, app de pesquisas, Play Store e Google Assistente. A proposta é que o sistema se antecipe às suas vontades.

Embora não seja necessariamente igual, o iOS possui uma ferramenta que proprõe tarefas e aplicativos para os usuários. Batizada de "Sugestões da Siri", a função pode ser encontrada na função de buscas do iPhone e também na tela à esquerda da interface inicial do sistema. O espaço é organizado de acordo com o momento do dia e com base nos progrmas mais utilizados pelo usuário.

 

6 - Suporte ao "notch"

Embora diversas fabricantes já estejam lançando aparelhos com a "franja" do iPhone X, o Android P traz suporte nativo para esse design. Ou seja, o próprio Google facilitará o lançamento de aparelhos com um corte no display para a câmera frontal, sensores e alto falantes. Além do notch na parte superior, a plataforma permitirá ainda o lançamento de telefones com isso na parte de baixo.

Ou seja, espere ainda mais telefones com a plataforma do Google com um design similar ao do iPhone X. A inclusão do suporte a esse tipo de design, inclusive, pode indicar planos da gigante de buscas de lançar a sua nova geração do Google Pixel com um visual similar ao novo telefone da Apple.


Unidades

Temos sempre uma unidade bem perto de você. Verifique abaixo a loja mais próxima para resolver o seu problema :)

Receba novidades

Orçamento rápido

Não, obrigado (x)