Orçamento gratuito online!

Postado em: 23/08/2018 10:41:00 por Equipe ConsertaSmart


A Qualcomm anunciou nesta quarta-feira (22) uma nova plataforma tecnológica que deve garantir a conectividade 5G aos celulares topo de linha lançados no ano que vem. No que tem sido considerada uma revelação relativamente ambígua, a fabricante mencionou um novo conjunto formado pelo modem Snapdragon X50 e um SoC (system on a chip) ainda não batizado de 7 nanômetros a ser lançado “durante a primeira metade de 2019”.

Ocorre, entretanto, que a companhia já havia prometido os primeiros hotspots 5G para o final de 2018. Dessa forma, o que se apreende disso é que o atual Snapdragon 855 pode mesmo ser deixado de fora do novo sistema, servindo apenas a aparelhos que utilizem os referidos pontos de WiFi. Senão, basta se lembrar que a Lenovo afirmou no início deste mês que o “primeiro celular com conexão 5G” lançado pela companhia utilizaria o Snapdragon 855.

Dessa forma, os aparelhos com uma conexão mobile 5G propriamente dita devem mesmo utilizar o novo SoC ainda por ser revelado oficialmente. Conforme aposta o site Venturebeat, é de se acreditar que questões associadas ao consumo de energia e à performance wireless tenham dissuadido a Qualcomm e as fabricantes de celulares de utilizar o 855 para os novos aparelhos – preferindo, antes, uma nova plataforma otimizada.

 

Nova plataforma está em teste

No mesmo comunicado, a Qualcomm afirmou que a nova plataforma – supostamente composta pelo modem Snapdragon X50 e pelo chipset Snapdragon 865 – já foi remetida aos fabricantes e se encontra atualmente em testes.

 

A expectativa é que a estrutura “torne possíveis aparelhos com conectividade avançada e que tragam novas experiências e interações intuitivas baseadas em capacidade de Inteligência artificial direto no aparelho, com maior tempo de autonomia e desempenho aprimorado”.

A antena mmWave e o modem Snapdragon X50 da Qualcomm prometem velocidades ultrarrápidas para os primeiros celulares com conectividade 5G. (Imagem: reprodução/Qualcomm)

A empresa diz ainda que está “satisfeita” por trabalhar com fabricantes, operadoras e gestores de infraestrutura e padrões de comunicação ao redor do globo. “Estamos comprometidos a colaborar para o lançamento do primeiro hotspot mobile 5G até o final de 2018, e os primeiros smartphones utilizando nossa próxima plataforma mobile devem chegar durante a primeira metade de 2019”, disse o presidente da empresa, Cristiano Amon, na publicação.

Embora o novo Snapdragon ainda não tenha sido revelado em caráter oficial, sabe-se que o alardeado Snapdragon X50 é um modem que promete conexões de até 5 Gigabits por segundo com latência de 1 a 2 milissegundos – sem dúvida uma melhoria substancial em relação aos modelos 4G utilizados nos smartphones atuais.

 

 

Qualcomm announced on Wednesday (22) a new technology platform that should ensure 5G connectivity to the top-of-the-line phones launched next year. In what has been considered a relatively ambiguous revelation, the manufacturer mentioned a new set consisting of the Snapdragon X50 modem and a still-baptized 7 nanometer system on a chip to be released "during the first half of 2019".

However, the company has already promised the first 5G hotspots by the end of 2018. In this way, what is perceived of this is that the current Snapdragon 855 can even be left out of the new system, serving only devices that use the point of WiFi. Otherwise, just remember that Lenovo said earlier this month that the company's first "5G connection phone" launched by the company would use Snapdragon 855.

Thus, devices with a mobile 5G connection itself should even use the new SoC yet to be revealed officially. As the Venturebeat website puts it, it is believed that issues associated with power consumption and wireless performance have dissuaded Qualcomm and handset makers from using the 855 for new handsets - instead preferring a new, optimized platform.

New platform is under test
Qualcomm said the new platform - supposedly made up of the Snapdragon X50 modem and the Snapdragon 865 chipset - has already been shipped to vendors and is currently in testing.

The structure is expected to "make possible handsets with advanced connectivity that bring new experiences and intuitive interactions based on artificial intelligence capability directly into the handset, with longer autonomy and improved performance."

The mmWave antenna and Qualcomm's Snapdragon X50 modem promise ultra-fast speeds for the first 5G connectivity phones. (Image: reproduction / Qualcomm)
The company says it is "happy" to work with manufacturers, operators and infrastructure managers and communication standards around the globe. "We are committed to collaborating to launch the first 5G mobile hotspot by the end of 2018, and the first smartphones using our next mobile platform are expected to arrive during the first half of 2019," company CEO Cristiano Amon said in the publication.

Although the new Snapdragon has not yet been officially released, it is known that the popular Snapdragon X50 is a modem that promises connections up to 5 Gigabits per second with latency of 1 to 2 milliseconds - no doubt a substantial improvement over the models 4G used in current smartphones.

 

 
 
 
 


Excelência em reparo de aparelhos eletrônicos. Mais de 370 unidades em mais de 3 países.

Responsabilidade Social

A Rede Conserta Smart é comprometida com a melhoria do meio ambiente e o consumo responsável. Prolongue a vida útil de seus equipamentos ao invés de descartá-los.


A rede utiliza sistemas e processos online, objetivando transparência na execução de serviços. Todos os cursos e treinamentos são certificados para garantir total qualidade no atendimento ao cliente.


Quem pode abrir uma ConsertaSmart?

Qualquer pessoa empreendedora, não exigimos um perfil técnico. Conheça nossa Franquia. Conhecer mais...


Imprensa

Somos a maior referência em conserto de celulares na América Latina. Fornecemos relatórios e dados de mercado. Email: [email protected]

Orçamento rápido

Não, obrigado (x)