Orçamento gratuito online!

Postado em: 26/11/2018 10:36:00 por Equipe ConsertaSmart


A Apple, talvez, seja um dos principais assuntos recentes, não de forma positiva, mas por conta da queda de mais de 20% em suas ações recentemente. Um dos motivos pelos quais os analistas acreditam que o cenário pode ser ainda pior é que a empresa está atrás na corrida pelo 5G. Contudo, o jornalista e analista Robert Cringely acredita que ainda não é o momento para se preocupar com isso.

Atualmente, a Apple está mesmo atrás nessa corrida por conta da Intel. Neste ano, a Maçã terminou contratos com a Qualcomm, empresa mais avançada na produção de modems 5G. Com isso, a expectativa é de que ela só tenha a tecnologia do novo padrão de rede em seus smartphones em 2020, enquanto a Samsung já prepara um modelo com essa capacidade para 2019.

A defesa de Cringely, porém, é que o que vai definir o mercado com o 5G, na verdade, não é a oferta de smartphones, mas a infraestrutura para que usuários possam se conectar. Atualmente, a Verizon está buscando o desenvolvimento de rede para lançar o produto ainda este ano, mas Cringely acredita que a infraestrutura de rede só deve ganhar âmbito nacional, nos EUA, em 2020, justamente quando a Apple pretende lançar um iPhone com suporte à tecnologia.

Ele também defende que a tecnologia pode não ser o principal argumento de vendas para um aparelho, como não foi para a transição de aparelhos no passado. Isso em um cenário no qual as pessoas cada vez mais têm capacidades de conexão Wi-Fi em suas residências, trabalho e ambientes públicos. Em suma, ele aposta que o avanço será pouco sentido em relação a aparelhos móveis.

Aqui no Brasil, por exemplo, o novo padrão de rede só deve ganhar força também em 2019, justificando a compra de um aparelho com a tecnologia.

Por fim, o analista acredita que haverá uma série de apps que vão se aproveitar de alguma forma do 5G, mas que isso não será definitivo já no ano que vem, permitindo que empresas como a Maçã já estejam preparadas para o novo padrão quando ele "pegar" de verdade.

Aprovado em junho deste ano, o 5G comercial promete trazer velocidades de rede maiores, com testes de transferência de dados a 20 Gbps e taxa utilizável pelo usuários de 100 Mbps.

Além de smartphones, a nova rede deve permitir o avanço de carros autônomos, comunicação mais eficiente como HDTV por streaming em plataformas mobile e ampliação de serviços de nuvem.

 

-

 

Apple, perhaps, is one of the major recent programs, is not positive, but has fallen more than 20% in its shares recently. As the reasons why analysts believe the scenario may be even worse is a company is behind in the race for 5G. However, journalist and analyst Robert Cringely, it is not yet the time to worry about it.

Currently, an Apple is present in an Intel account. This year, Apple has entered into agreements with Qualcomm, the most advanced company in the production of 5G modems. With this, there is an expectation that Samsung will already prepare a model with this capacity for 2019.

Cringely's defense, however, is that what will define the market with 5G is not really a smartphone problem, but an infrastructure for users to connect to. Currently, Verizon is seeking the destination money to launch its product last year, instead, when Apple wants to launch an iPhone with technology support.

He also argued that technology may not be the main selling point for a device, as it was not for a handset transition in the past. This is not a scenario as people increasingly sound Wi-Fi connection in their homes, work and public means. In short, this allows the sending of a moving direction.

Here in Brazil, for example, the Standard Standard for Understanding and 2019, justifying the purchase of a device with technology.

Finally, the analyst in question has a series of applications that will take advantage of some form of the 5G, but this is not definitive as the year comes, allowing companies to be already prepared for the new standard when it "picks up" truth.

Approved in June this year, the commercial 5G promises to bring greater network speeds, with data transfer tests at 20 Gbps and rates usable by 100 Mbps users.

In addition to smartphones, the new network should allow the advancement of its freelancers, more efficient communication such as HDTV streaming on mobile platforms and the expansion of cloud services.


https://canaltech.com.br/negocios/tecnologia-5g-nao-e-o-principal-problema-da-apple-aponta-analista-127495/

Excelência em reparo de aparelhos eletrônicos. Mais de 370 unidades em mais de 3 países.

Responsabilidade Social

A Rede Conserta Smart é comprometida com a melhoria do meio ambiente e o consumo responsável. Prolongue a vida útil de seus equipamentos ao invés de descartá-los.


A rede utiliza sistemas e processos online, objetivando transparência na execução de serviços. Todos os cursos e treinamentos são certificados para garantir total qualidade no atendimento ao cliente.


Quem pode abrir uma ConsertaSmart?

Qualquer pessoa empreendedora, não exigimos um perfil técnico. Conheça nossa Franquia. Conhecer mais...


Imprensa

Somos a maior referência em conserto de celulares na América Latina. Fornecemos relatórios e dados de mercado. Email: [email protected]

Orçamento rápido

Não, obrigado (x)