Orçamento gratuito online!

Postado em: 24/01/2018 10:09:00 por Equipe ConsertaSmart


O iPhone X mal chegou ao mercado e os rumores para os seus sucessores já estão quentes. De acordo com analistas, a Apple pode apresentar um telefone intermediário com tela de 6,1 polegadas para atacar um dos pontos mais polêmicos do top de linha atual: o preço. Para isso, o novo aparelho abandonaria algumas funções, como o 3D Touch, para chegar a um custo entre US$ 700 e US$ 800.

As suspostas informações sobre os novos iPhone foram reveladas pelo analista da KGI Securities Ming-Chi Kuo e publicadas pelo MacRumors. De acordo com os rumores, a Apple pretende lançar três modelos em 2018: dois tops de linha, com 6,5 e 5,8 polegadas, e um modelo mais barato, com 6,1 polegadas. Este último dispositivo traria mudanças no design e uma ficha técnica mais simples.

O modelo intermediário contaria com uma tela de 6,1 polegadas sem bordas tal qual do iPhone X, mas com um painel LCD no lugar do OLED. Além disso, a Apple abriria mão da tecnologia de pressão 3D Touch, presente em todos os modelos desde o iPhone 6S, com exceção do SE. Outra mudança seria o corpo feito apenas de alumínio, o que também cortaria a recarga sem fio do dispositivo.

O iPhone intermediário também abriria mão da câmera dupla na parte traseira, embora o reconhecimento facial Face ID da câmera frontal deva ser mantido. No interior do telefone, a Apple pode usar uma placa lógica menos eficiente do que a do iPhone X e uma bateria retangular e menor. Por fim, o telefone teria 3G de memória RAM, um a menos do que os demais lançamentos.

Mesmo com tantos cortes, o telefone mais simples da Apple em 2018 teria um preço entre US$ 700 e US$ 800 (entre R$ 2.270 e R$ 2.590), bem acima de um intermediário Android. Por outro lado, o objetivo da empresa deve ser posicionar o modelo como um substituto para o iPhone 8, que é o telefone mais simples e barato da marca em 2017. Já os verdadeiros sucessores do iPhone X seriam as versões com 5,8 e 6,1 polegadas.



Excelência em reparo de aparelhos eletrônicos. 400 Lojas em mais de 3 países.

Responsabilidade Social

A Rede Conserta Smart é comprometida com a melhoria do meio ambiente e o consumo responsável. Prolongue a vida útil de seus equipamentos ao invés de descartá-los.


A rede utiliza sistemas e processos online, objetivando transparência na execução de serviços. Todos os cursos e treinamentos são certificados para garantir total qualidade no atendimento ao cliente.


Quem pode abrir uma ConsertaSmart?

Qualquer pessoa empreendedora, não exigimos um perfil técnico. Conheça nossa Franquia. Conhecer mais...


Imprensa

Somos a maior referência em conserto de celulares na América Latina. Fornecemos relatórios e dados de mercado. Email: [email protected]

Orçamento rápido

Não, obrigado (x)